10
maio

REGIÃO DO BRÁS PREVÊ CRESCIMENTO NAS VENDAS PARA O DIA DAS MÃES

Mesmo com a crise muitos não deixam de presentear suas mães. E na busca por
presentes que agradem sem pagar muito,  as  roupas  são  os  itens  prediletos.
Segundo  a  Federação  dos  Varejistas  e  Atacadistas  do Brás (Fevabrás),
o bairro deve ter um aumento de vendas de até 15% a mais em relação ao ano
passado, tanto por conta da data quanto pelas compras de ocasião, que acontecem
com a troca de coleção e a chegada do frio.

“O último fim de semana já nos mostrou que a data será lucrativa para os
lojistas. Tivemos cerca de 300 mil pessoas no sábado na região do Brás e a
previsão é de 600 mil no próximo final de semana, que antecede o Dia das
Mães e vem de encontro com o quinto dia útil do mês”, afirma Gustavo
Dedivitis, presidente da Fevabrás.

O Dia das Mães, segunda maior data do comércio, é a grande aposta dos
lojistas do Brás para alavancar as vendas no bairro.  A comercialização no
varejo deve se intensificar na sexta e no sábado, antes do dia 14 de maio. A
Fevabrás estima ainda um gasto médio de R$70 para o presente.